Trabalhar com transportes requer uma boa dose de cuidados e planejamentos. Um passo em falso e o prejuízo poderá ser bem grande. Fatores como o desgaste do caminhão, preço do combustível e a distância percorrida fazem com que a cobrança de fretes possa ser alta demais, afinal, o custo para realizar o serviço é alto.

No entanto, há formas de melhorar a maneira que seu serviço é precificado, diminuir os custos, melhorar o desempenho da empresa e aumentar os lucros. Quer descobrir como fazer tudo isso? Continue a leitura que iremos de contar!

Cobrança de fretes

Tenha controle sobre suas operações

Ter o controle de todas as suas operações facilita na hora de precificar seus serviços. Isso evita que você fique no vermelho ou ainda pense que está obtendo um pouco de lucro, quando na verdade está no prejuízo.

Essa etapa inclui saber quais são todos os seus custos com o veículo, com o motorista e todos os outros detalhes da empresa, como as notas fiscais, impostos e salários.

A dica principal é: estabelecer um padrão de qualidade. Em seguida, verifique quais mudanças são necessárias para diminuir os custos e permanecer com um bom serviço. Lembre-se de manter um preço competitivo no mercado.

Encontrar um método de controle auxilia nessa etapa. A gestão de veículos envolve várias etapas, desde a coleta dos itens até suas entregas, passando pela manutenção veicular. Se não houver controle, problemas com a logísticas e prejuízos serão inevitáveis.

Considere o que será transportado

O cálculo mais comum para o transporte é por peso. No entanto, algumas mercadorias são grandes, porém leves, como é o caso de colchões. Você poderá cobrar por peso do colchão, mas ele irá ocupar um bom espaço no caminhão, muitas vezes impossibilitando de incluir mais carga.

Isso faz com que a cubagem seja importante, assim como o peso das mercadorias. A cubagem é o volume que a carga possui. Enquanto o peso define quantos quilos o produto possui.

O peso influencia diretamente na quantidade de combustível que será usado, a manutenção, desgaste dos pneus entre outros. Isso faz com que seja normal cobrar pelo peso. Mas, o ideal é sempre levar em consideração o volume que aquela carga possui e o seu peso.

Faça planejamento de rota

Planejar é a melhor forma de otimizar os seus custos. Organize as entregas de acordo com a proximidade dos destinos finais. Dessa forma você poderá usar um único caminhão para realizar um percurso específico.

Toda essa organização permite economizar custos com combustível, desgaste do caminhão e até mesmo tempo gasto com determinadas entregas. Com isso a empresa pode melhorar a cobrança de fretes. Afinal estará economizando uma boa quantia de dinheiro.

Ao planejar o percurso não se esqueça de incluir o local onde a mercadoria será coletada e o seu destino final. Considere também as paradas para abastecimento e o repouso do motorista. Todos esses locais devem ser previamente programados. Surpresas como, por exemplo, a falta de combustível causam atrasos em todas as entregas e ainda aumentam o custo final.

Outro ponto importante é que o planejamento de rota aumenta a segurança da carga. O caminho que o motorista deverá seguir já é pré-estabelecido, sendo assim, é possível encontrar os pontos mais arriscados e encontrar um melhor caminho. Essa etapa também permite calcular o tempo gasto, evitando que o veículo rode durante a noite e aumente os riscos de roubo de carga.

Verifique o tipo de frete

Se a sua intenção é economizar, uma alternativa é oferecer um prazo maior com um valor de frete mais baixo. Dessa forma é possível completar a carga do caminhão, otimizando o espaço. No entanto, ao usar essa estratégia leva em consideração a rota a ser feita. De nada adiantará o caminhão cheio se os destinos são em pontos distantes.

A carga do caminhão também deve ser considerada. Veja se será fracionada ou completa, no caso da carga fracionada o espaço da carga é dividido entre várias entregas. Diferente da completa que será destinada a apenas um cliente.

Faça a manutenção do veículo

Um veículo em bom estado dificilmente irá quebrar durante um trajeto. Pneus desgastados e carecas costumam gastar mais combustível, o que aumentará consideravelmente os seus custos e consequentemente o frete.

Trocar o óleo, o filtro, verificar os freios e fazer revisões completas são essenciais para garantir a segurança e ajudar a diminuir os custos com o frete. A manutenção veicular também promove o melhor desempenho do uso do combustível.

Com tudo isso será possível melhorar a cobrança dos seus fretes, afinal, evitará riscos e prejuízos.

Descubra a origem dos gastos extras e corte-os

Há vários pontos que prejudicam o faturamento de uma empresa de transportes, aumentando os seus custos. Para melhorar a cobrança de fretes é preciso identificar onde estão os gastos desnecessários e cortá-los.

Por exemplo, um veículo indisponível é um dos piores problemas. A única forma de evitar que um carro fique parado é através da manutenção preventiva. Dessa forma todas as peças estão em dia, evitando surpresas por falta de cuidado.

Outro problema são motoristas mal treinados. A falta de treinamento pode fazer com que o condutor não tome os devidos cuidados ou ainda gaste mais combustível. Da mesma forma torna-se arriscado, já que possivelmente ele não saberá como agir em situações de risco. Veja como treinar seus motoristas clicando aqui.

A falta de sistemas também aumentam o custo. Afinal, sem essa ajuda será complicado controlar a rotina de cada veículo, incluindo as datas das revisões, manutenções ou até mesmo o roteiro de entrega.

Use software de rastreamento veicular

Os softwares de rastreamento veicular permitem muito mais do que apenas localizar e acompanhar o seu veículo. É possível controlar, por exemplo, quando houve abastecimento e quanto aquele caminhão está consumindo. Isso permite otimizar os custos, criar um bom planejamento e melhorar o valor cobrado no frete. Afinal, conseguindo controlar todos os gastos de maneira eficiente, é possível economizar nos custos e aumentar os lucros.

O sistema também permite controlar a rota que será realizada. Caso o motorista por algum motivo desvie do percurso, o software avisará. Em casos de roubos há opção de bloquear a bomba de combustível, dessa forma o veículo não funciona. Todos estes detalhes aumentam a segurança da carga, evitando danos maiores.

Traçar a rota será muito mais fácil com um software de rastreamento veicular, permitindo otimizar ainda mais os gastos. Ajudará também a controlar cada entrega que for feita. Quer saber mais sobre como um sistema faz diferença no faturamento? Então veja mais sobre rastreamento veicular aqui!

Categorias: Redução de Custos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *