Descubra como fazer treinamento de motoristas de forma remota

Publicado por Gabriela Mantuano in May 21, 2018

Aprender faz parte da evolução humana e é isso que nos faz viver hoje melhor do que ontem. Mesmo nos negócios, a prática de aprender, estudar e analisar nos faz crescer em todas as esferas possíveis. Por isso, estar atualizado sobre novas estratégias e recursos para o treinamento de motoristas são fundamentais para que a sua empresa evolua no crescimento e se destaque no mercado.

Neste artigo, abordaremos as formas de treinar os motoristas de seus veículos remotamente, ensinando-os por meio de ferramentas e estratégias que a evolução da tecnologia trouxe para nós nos dias de hoje.

treinamento de motoristas

Planejamento

O caminho do aprendizado sempre exige planejamento e um objetivo estratégico para que seja produtivo e eficiente, trazendo os resultados desejados. Assim, saber o que precisa ser melhorado, quais os gargalos que podem ser evitados, o modo como chegar ao ponto desejado, é essencial para que um bom treinamento de motoristas seja feito.

A seguir, passaremos por algumas estratégias e recursos que podem te auxiliar a criar um treinamento sólido para os motoristas da seus veículos, de modo que eles possam dirigir melhor, criar uma boa conexão com a empresa e que o processo como um todo atinja os resultados desejados e ─ por que não? ─ os supere.

Necessidades e demandas

Cheque tudo que pode ser aprimorado e que precisa ser feito para promover uma gestão otimizada da frota. Conhecer os comportamentos dos motoristas, suas demandas e características positivas e negativas é o primeiro passo para se obter melhores resultados para todos. Analise também como os recursos estão sendo utilizados, se os equipamentos estão funcionando de forma adequada ou se precisam de revisões e reparos. É importante criar um cronograma de manutenção para evitar prejuízos e garantir o pleno funcionamento dos veículos.

Com base nesses dados coletados, será possível criar estratégias para que as necessidades que aparecerem sejam sanadas e os clientes possam aproveitar de um serviço ainda melhor.

Ferramentas

Depois de reunir todas as informações sobre os veículos, os motoristas, as rotas e tudo que for possível sobre processo de trabalho, chegou a hora de juntar as ferramentas que te auxiliarão a treinar os condutores destes veículos. Esse treinamento irá aprimorar a conduta dos motoristas de forma que a direção deles seja mais segura, ágil e eficiente. Confira três ferramentas que irão te ajudar a monitorar, gerenciar e treinar os motoristas da sua frota de veículos.

  1. Alarme de controle de velocidade

Uma ferramenta muito utilizada na hora de treinar os motoristas e obter melhores resultados na condução é o alarme de controle de velocidade. Ele é uma forma simples e remota de ensinar os motoristas a dirigirem de modo a reduzir custos e proteger o veículo. O alarme avisa quando a velocidade está acima do permitido, se há uma freada brusca ou uma aceleração rápida demais. Esse tipo de comportamento pode causar danos ao veículo ou à carga transportada. Freadas e acelerações bruscas também causam gastos com combustível que podem ser evitados com uma direção mais próxima do ideal.

  1. Software de monitoramento veicular

Outro recurso que não pode ser ignorado é um software de gestão que forneça ao responsável pelos veículos informações precisas e confiáveis sobre as rotas utilizadas, hábitos dos motoristas e condições dos veículos. Dessa forma, é possível saber quais comportamentos são benéficos ou prejudiciais, avaliando cada condutor. A partir desses dados, os motoristas podem ser orientados de acordo com cada necessidade. Com essa orientação feita da maneira certa, o desempenho do motorista e do veículo pode ser otimizado de forma sólida.  

  1. Telemetria

A telemetria também é uma ferramenta indispensável para quem quer melhorar os resultados da frota de veículos. Por meio dela, dados importantes podem ser repassados aos gestores. A telemetria trabalha em conjunto com o software de gestão, gerando relatórios com dados relevantes, que podem revelar falhas, perigos ou riscos evitáveis. Repassando as informações por meio de transmissão de dados, a telemetria envia os dados diretamente à base de gestão. As principais informações oferecidas pela telemetria são: odômetro (distância percorrida), velocidade em pista seca ou molhada, tempo de acionamento da embreagem (pé na embreagem), freadas bruscas, acelerações bruscas, tempo de uso do veículo parado, em marcha lenta e em movimento, rotações do motor, combustível, temperatura do motor, falha na pressão de óleo e uso do freio motor para veículos.

Treinamento

Todas essas informações reunidas precisam ser acessíveis para o motorista e gerar um resultado positivo em sua condução do veículo. É nesse momento que entra o treinamento aliado às ferramentas citadas anteriormente.

Os recursos colocados aqui ajudam a condicionar o motorista a uma melhor performance. Para isso, também é necessário que haja uma orientação que faça sentido para o condutor.

É importante falar a linguagem dos motoristas. Garantir um bom diálogo com seus funcionários é fundamental para que todos caminhem para o mesmo objetivo. Uma comunicação clara e inteligente possibilita que tanto o profissional quanto a equipe estejam alinhados no mesmo foco. Com isso, todos os envolvidos ficarão cientes das demandas do trabalhos e das tomadas de decisões, tornando o processo mais eficiente.

Desse modo, também é necessário que todos os colaboradores sejam valorizados e reconhecidos dentro da equipe como parte do todo, de forma a perceberem o seu papel dentro do processo, para que haja um maior engajamento com a empresa e resultados mais satisfatórios.

Durante o treinamento dos condutores, é essencial que sejam dados exemplos práticos que demonstrem de modo objetivo o que você quer comunicar e desenvolver com a equipe. Trazer situações do dia dia e discutir sobre como lidar com elas, facilitam a compreensão dos motoristas pois estão relacionadas diretamente ao cotidiano deles. Para isso, faça entrevistas e ouça o que eles têm a dizer sobre as necessidades, os acontecimentos e as dificuldades recorrentes no trabalho.

Aliando todas as informações que foram coletadas pelo software de gestão às ferramentas de treinamento citadas acima, é possível ter uma visão mais completa e precisa de todos os ângulos do processo. A partir disso, a orientação e a comunicação com os seus motoristas será mais fácil e eficaz.

Conclusão

Quando pensamos em treinamento de motoristas é importante verificar todos os aspectos técnicos e instrumentos auxiliadores, visando uma condução mais segura e eficiente. Ao mesmo tempo, deve-se sempre levar em consideração as relações de equipe de forma a desenvolver e engajar o profissional.

Desta forma é possível acompanhar seus veículos mais de perto e criar condições de trabalho mais saudáveis, tanto para os condutores quanto para os funcionários da empresa.

Se este artigo foi útil para você e aumentou seu  interesse pelo assunto, saiba mais entrando em contato com a nossa equipe e verificando as soluções que a Softruck oferece para um melhor funcionamento do seu negócio.

Categorias: Controle de Motoristas

Softruck

Mais populares

Posts Recentes